segunda-feira, 28 de setembro de 2015

JUDICIALIZAÇÃO DA SAÚDE: REDES DE COOPERAÇÃO



Documento elaborado pelo Conselho Nacional do Ministério Público, que contou com a colaboração de outras instituições, principalmente do Fórum Nacional do Judiciário do Conselho Nacional de Justiça.
Através desse documento evidencia-se que, fomentando a formação de redes de cooperação, é possível cooperar para  a efetividade e sustentabilidade das atividades voltadas à Saúde e, consequentemente, reduzir e/ou qualificar a Judicialização.

Através da utilização da tecnologia matriz de convergência, foi possível sistematizar os pontos em comum das Ações realizadas em Minas Gerais, no Tocantins e  Rio Grande do Sul, corroborando que as redes de cooperação e a atuação sistêmica é efetiva em diversos contextos econômicos, sociais, ambientais e geopolíticos. 


Documento elaborado pelo Conselho Nacional do Ministério Público

Um comentário: